terça-feira, 7 de outubro de 2008

DEMON



Com a idea de chocar com tudo o que é conhecido e denominado de "normal", nasceu esta "menina".
Tinha de ter um aspecto pouco amigavel e usar conceitos estranhos, que foram surgindo com a progressão da modelação.
O primeiro dos desvaneios foi que, as rodas não podiam ter cubos, eu sei é loucura, mas funciona o princípio é simples, basta imaginar um rolamento bastante alargado de eixo central fixo a um braço com travões inbutidos....


Contendo um motor de cilindrada bastante elevada, (e a gota tão cara!!) ele transmite todo o seu poder á roda traseira através de uma correia e uma corrente a um rolo de borracha maçica que pressiona e transmite a rotação ao pneu....


O amortecimento nesta mota é feito, na frente, por uma suspenção unica de mola, central a direcção. Na traseira o amortecimento é dividido por duas fases, na primeira fase uma suspenção de barras amortece as pequenas oscilações, quando necessario é activada a segunda fase que consiste num par de hidraulicos que amortecem directamente ao banco.


A condução é feita através de um guiador limpo de praticamente todos os mecanismos, com caixa de velocidades tipo "suicída" com enbraiagem incorporada.

1 comentário:

Ricardo disse...

UAUUUUUU!
E dizes que funciona?